Ariquemes

Ariquemes, RO

Bom Dia hoje é: 21/11/2017

  Facebook   Instagram

Compatilhar no Facebook

Mulheres que assistem vídeos eróticos ficam descontentes com realidade, diz estudos

facebook
  
  
Acredito ou Não, 21/08/2017 13h48 - 1293 vizualizações

Um novo estudo realizado pela Universidade de New Brunswick, no Canadá, descobriu que as mulheres agora sustentam “expectativas irrealistas” a respeito do desempenho sexual dos homens na cama, em boa parte por causa da forma que as relações são retratadas no universo erótico.

Em outras palavras, elas acabam com uma visão negativa a respeito do desempenho dos seus parceiros. O Pornhub, o maior site adulto do mundo, revelou recentemente que mais de um quarto de seus visitantes online atualmente são mulheres.

O uso da pornografia é um acessório diário para cerca de 18 por cento das mulheres, sendo que 63 por cento delas possuem o hábito de assistir semanalmente. Nove em cada dez delas preferem assistir vídeos pornôs sozinhas, sem dividir esse momento com um parceiro.

A líder do estudo, Kaitlyn Goldsmith, afirmou que as mulheres esperam que os homens durassem mais na cama e tivessem um órgão maior. “Os órgãos genitais [na pornografia]podem ser alterados digitalmente ou cosmeticamente, aparentando um tamanho maior do que o tamanho médio do pênis”.

“As relações sexuais também parecem durar mais do que a média, com os homens sustentando ereções por mais tempo, e as mulheres experimentando orgasmos com maior facilidade do que nos encontros do mundo real”, afirmou a pesquisadora.

O estudo propõe que a pornografia estava “ligada à insatisfação das consumidoras com a aparência de seus parceiros” e que as mulheres poderiam ter “expectativas irrealistas de desempenho sexual”.

essoas que discordam do estudo afirmam que o que aconteceu é que as mulheres passaram apenas por um processo de conscientização sexual, exigindo um nível mais satisfatório para elas, o que no fim das contas deveria ser considerado como algo positivo.

O grupo de aconselhamento Relate afirmou que a presença da pornografia está cada vez mais se caracterizando como um tema de discussão sobre a satisfação das mulheres nos relacionamentos.

“Os conselheiros da Relate estão cada vez mais vendo problemas de relacionamentos envolvendo o desempenho sexual que estão diretamente associados ao uso de pornografia na Internet.

A questão não é a respeito do desenvolvimento de um apetite sexual saudável, ou do hábito de se ter múltiplos parceiros sexuais, mas sobre uma compulsão para continuar retornando a uma atividade que está causando problemas para as pessoas.

Isso pode acontecer de forma surpreendentemente rápida, porque o uso frequente da internet pode realmente mudar o cérebro”.

Uma pesquisa recente realizada pela instituição com cerca de 5.000 pessoas em todo o Reino Unido descobriu que apenas 34 por cento das pessoas estavam satisfeitas em suas vidas sexuais.

Um em cada quatro homens disse que estavam insatisfeitos, em comparação com uma em cada cinco mulheres. E se a pesquisa da Universidade de New Brunswick servir como referência, esse número só tende a aumentar.

Participe deixando seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leitura de noticias - Abaixo Pequeno
Livre a reprodução do conteúdo com citação da fonte, com exceção para material de terceiros, como de agências, sites, blogs e colunistas, e casos que possa requerer autorização individual. Conteúdo de terceiros é de inteira responsabilidade de seus autores.
Yes Mania - Aqui o foco é você!
© 2017 Todos os diretos estão reservados.
Whatapps

Ao cadastrar seu número você aceita o termo de conduta.


 
 
 
 
Obrigado por se cadastrar em nosso sistema, a qualquer momento você poderá receber nosso Boletim Informativo em seu aplicativo "WhatsApp".