Ariquemes

Ariquemes, RO

Bom Dia hoje é: 19/10/2017

  Facebook   Instagram

Compatilhar no Facebook

Maior avenida de Ariquemes revela 'várias cidades' e conta parte da história do município

facebook
  
  
G1 - Notícias, 09/10/2017 15h46 - 2235 vizualizações

Em Ariquemes, RO | Na quarta-feira (11), Ariquemes completa 40 anos de emancipação, por isso, o G1 fez uma série de reportagens para mostrar a história e curiosidades da cidade. Nesta primeira matéria, a principal avenida da cidade é percorrida em seus seis quilômetros de extensão mostrando a diversidade e a importância do local.

Com pouco mais de 6 quilômetros de extensão, a maior avenida de Ariquemes (RO), tem diversas cidades dentro dela. Desde comércio de bairro, como em cidade pequena, à mais badalada via noturna da cidade.

O G1 percorreu toda a extensão da Avenida Canaã que começa na BR-364, principal ligação de Rondônia com o restante do país, e termina na bucólica Linha Gaúcha, no extremo leste.

Logo na entrada da avenida já estão as dezenas de lojas de autopeças, automotivas, oficinas, concessionárias e tudo mais relacionado à veículos.

Graciele Santana, trabalha numa loja de autopeças e passa boa parte do dia na avenida. Contudo, a recepcionista destaca também o lazer que encontra na via.

A Canaã, para mim, significa meu local de serviço, essa região aqui oferece muito emprego. Mas tem a parte de cima também com restaurantes, lanchonetes. Acho que a avenida mais importante de Ariquemes é essa", diz.

Ela destaca a presença predominantemente masculina no "trecho automotivo" onde trabalha, rodeada de mecânicos, eletricistas, vendores e borracheiros. "No começo era meio difícil, ficava acuada. Mas já estou há cinco anos nesse meio, então já estou bem acostumada", relata.

A cara automotiva da Avenida segue até o cruzamento com a Avenida Candeias, quando começa a diversificação dos comércios, com destaque para as lojas de roupas e lanchonetes.

Roberto Carlos de Souza, mora há 33 anos em Ariquemes, 25 destes anos ele viu passar da farmácia dele, que fica na Canaã. O farmacêutico lembra que quando chegou na cidade, a avenida era apenas uma rua, com mata do lado onde hoje é o setor 3 e algumas casas do lado do setor 1.

"Canaã era uma estrada, não era asfaltada. Naquela época, a avenida famosa era outra, depois com o tempo, a Canaã foi tomando corpo e de repente encheu de comércio aqui e a outra ficou esquecida um tempão", recorda.

Após cruzar o Setor Institucional, entre os setores 2 e 4, a avenida fica mais simples, com com mais residências. O trecho também tem algumas lanchonetes e bares, no entanto, mais populares.

Após uma baixada entre o setores Apoio Social e Nova União I, a via começa a ter cara de cidade do interior, com comércio de bairro e menor infraestrutura. Existem mais terrenos vazios e alguns até delimitados por cercas de madeira.

Geovane Francisco da Silva, toca um mercado junto com o irmão no Setor Parque das Gemas há 7 anos. Ele diz que tem tudo na região, tornando desnecessária uma ida até o outro lado da cidade. "Escolhemos a Canaã por causa do movimento desses setores próximos. Quase nem vamos na Canaã do outro lado, temos tudo por aqui".

No Jardim Primavera, o asfalto acaba e começa o trecho "rural" da Canaã, até a Linha Gaúcha. Edmilson Rodrigues, aposentado, mora há 6 anos em uma das últimas casas da Avenida Canaã, no Jardim Primavera.

"Esse pedaço aqui está desse jeito, sem jardinagem no canteiro central, mais pro final dela tem muito lixo, que pessoas irresponsáveis jogam. Eu ainda tenho esperança de ver esse pedaço bem urbanizado. Ainda assim a Canaã é a melhor avenida de Ariquemes pra mim", declara.

O trecho da via após o Jardim Primavera foi aberto em 2016 e ainda não tem asfalto. O uso das margens da via para descartes de restos de podas e construções é alvo de reclamações dos moradores da localidade.

Em toda a avenida existem pelo menos 5 postos de combustíveis, 9 igrejas, 6 farmácias e 4 agências bancárias.

Para quem tem fé, a Canaã é uma referência. Nela, estão as sedes de duas grandes denominações religiosas, as paróquias católicas São Francisco de Assis e Cristo Rei, no Setor 1 e 2 respectivamente, e a Congregação Cristã no Brasil, no Setor 4.

A via também é tradicionalmente escolhida por políticos da cidade para comemorar a vitória em eleições, além de ser ponto de encontro nas viradas de ano.

Se a busca é por diversão, a Canaã tem dezenas de opções. São pelo menos 40 estabelecimentos entre trailers de lanches, lanchonetes, restaurantes, sorveterias, bares e baladas.

Também é um programa comum de muitos jovens se reunirem nas proximidades da Alameda Piquiá para tomar tereré e exibir som automotivo.

A empresária Vanessa Talita Hinselmann é dona de uma movimentada franquia de sorvetes na avenida. Ela conta que escolheu o local pelo movimento contínuo, diurno e noturno.

"Escolhemos a Canaã pelo fluxo rápido e pelo período noturno que é bem movimentado. Aqui atrai bastante jovem, mas é muito familiar. Não me arrependo de ter escolhido a Canaã", afirma.

Maior avenida de Ariquemes revela 'várias cidades' e conta parte da história do município
Maior avenida de Ariquemes revela 'várias cidades' e conta parte da história do município
Maior avenida de Ariquemes revela 'várias cidades' e conta parte da história do município
Ariquemes, Aniversário, Emancipação
Participe deixando seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leitura de noticias - Abaixo Pequeno
Livre a reprodução do conteúdo com citação da fonte, com exceção para material de terceiros, como de agências, sites, blogs e colunistas, e casos que possa requerer autorização individual. Conteúdo de terceiros é de inteira responsabilidade de seus autores.
Yes Mania - Aqui o foco é você!
© 2017 Todos os diretos estão reservados.
Whatapps

Ao cadastrar seu número você aceita o termo de conduta.


 
 
 
 
Obrigado por se cadastrar em nosso sistema, a qualquer momento você poderá receber nosso Boletim Informativo em seu aplicativo "WhatsApp".