Ariquemes

Ariquemes, RO

Boa Tarde hoje é: 22/11/2017

  Facebook   Instagram

Compatilhar no Facebook

Vereador quer tirar mil reais do salário de funcionários públicos de Cujubim

facebook
  
  
Rondônia Real, 01/11/2017 11h08 - 918 vizualizações

Em Cujubim, RO | O Vereador de Cujubim, Wilson Feitosa (PMDB), vulgo Alemão, membro da Comissão de Orçamento e Finanças e possível autor da emenda ao Projeto de Lei 047/SEMPLAN/2017 onde altera a redação do §1° do Art. 3° correspondente ao valor estabelecido pelo Executivo onde este tira do Funcionário Público do Município de Cujubim R$ 1.000,00 (um mil reais) de seu salário.

Segundo a Justificativa hora exposta em documento onde foi lido na Casa de Leis nesse mês de Outubro visa contenção de gastos dos cofres públicos municipais.

Funcionários como agentes fiscais e rendas do município como também agentes da vigilância Sanitária serão prejudicados, vistos que também ficarão com seus salários reduzidos o que provavelmente afetará na economia Municipal.

O que mais chama atenção é que algumas categorias como a Educação por exemplo não será afetada, o que pode levantar várias questões em tese pelo fato do autor da emenda fazer parte do quadro de funcionários da Educação onde atua como lecionador na entidade publica educacional.

A emenda proposta na Casa de Leis diante a Propositura do Presidente Adeilton Carlos (DEM) foi votada e teve seis (6) votos a favor, um foi ausente pelo vereador Djalma Moreira (PTB) e dois (02) contras sendo dos vereadores Kenas Gomes (PRTB) e Gilvan Soares Barata (DEM), os demais foram todos a favor da redução do salario dos funcionários públicos.

Kenas se manifestou contrário da emenda, “Sou Contra prejudicar não só a renda desses funcionários, mas como também a economia do município que poderá cair diante desses fatos, visto que afetará diretamente no bolso dos responsáveis de frente ao setor de arrecadação“, disse Kenas.

Um servidor publico que não quis se identificar temendo perseguição ou represálias, desabafou a nossa reportagem que acha a emenda um absurdo e questionou, “eu levanto uma questão, será que o nobre vereador esta legislando em causa própria? Tantos projetos e emendas para melhorar a vida do cidadão não são feitos no município e o parlamentar vem se preocupar com o setor de trás renda ao município?“, desabafo o servidor.

Nossa reportagem constatou em um grupo de notícias de Cujubim que o parlamentar ao ler a chamada da notícia em questão, usou de caso humorístico, uma vez que repercutiu em uma sequência da consoante “k” (kkkkk). Na qual naturalmente e usada como risos em redes sociais como facebook e Whatsapp.

Enquanto o vereador da risos da situação, os servidores terão menos um mil reais em suas rendas que supre a necessidade de suas famílias.

O Projeto de Lei 047/SEMPLAN/2017, pode terá acesso por qualquer cidadão que queira ter conhecimento na integra dos fatos, so requerer o documento na Câmara Municipal de Cujubim.

Nossa reportagem tentou contato com o referido vereador via whatsapp, porém bloqueou do nosso numero impossibilitou o possivel contato com o mesmo, as ligações só apresentam fora de área.

A reportagem abre espaço caso o vereador queira se pronunciar diante da matéria em questão, o contato pode ser via whatsapp (69 98411-6710).

Cujubim, Politica, Redução Salarial, Servidores
Participe deixando seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Leitura de noticias - Abaixo Pequeno
Livre a reprodução do conteúdo com citação da fonte, com exceção para material de terceiros, como de agências, sites, blogs e colunistas, e casos que possa requerer autorização individual. Conteúdo de terceiros é de inteira responsabilidade de seus autores.
Yes Mania - Aqui o foco é você!
© 2017 Todos os diretos estão reservados.
Whatapps

Ao cadastrar seu número você aceita o termo de conduta.


 
 
 
 
Obrigado por se cadastrar em nosso sistema, a qualquer momento você poderá receber nosso Boletim Informativo em seu aplicativo "WhatsApp".