Ariquemes

Ariquemes, RO

Boa Madrugada hoje é: 21/06/2018

  Facebook   Instagram

Compatilhar no Facebook

Depressão atinge mulheres e homens de formas diferentes - Entenda

facebook
  
  
Minha Vida | 27/12/2017 17h42 | 459 vizualizações

Um estudo da Universidade de Cambridge, nos Estados Unidos, mostrou que os cérebros de homens e mulheres reagem de forma muito diferente à depressão, o que pode demonstrar que os tratamentos deveriam ser feitos com abordagens diferentes. Também foi apontado pela pesquisa a depressão é duas vezes mais comum nas mulheres do que nos homens, mas eles, por outro lado, são mais propensos cometerem suicídio.

Em seu estudo, os cientistas realizaram exames cerebrais em 82 mulheres e 24 homens com depressão e em 24 mulheres e 10 homens voluntários saudáveis, com idades entre 11 e 18 anos. As imagens dos cérebros dos adolescentes foram obtidas com ressonância magnética, enquanto eram exibidas palavras felizes, tristes ou neutras em uma tela, colocadas em uma ordem específica.

Os voluntários foram orientados a pressionar ou não um botão quando apareciam certos tipos de palavras. Assim, os pesquisadores mediram sua atividade cerebral durante todo o experimento. Quando eram exibidas certas combinações de palavras na tela, os cientistas perceberam que a depressão afetava a atividade do cérebro de forma diferente entre meninos e meninas em determinadas regiões cerebrais.

O estudo disse ainda que, aos 15 anos, as meninas são duas vezes mais propensas a sofrer de depressão grave do que os meninos. A maior incidência de depressão nas mulheres tem sido associada a problemas de imagem corporal, flutuações hormonais e até mesmo genética, com pesquisas que mostram que as meninas são mais propensas a herdar essa condição.

As meninas também são mais propensas a terem "pensamentos negativos", uma tendência a cultivar coisas ruins em suas vidas. Entretanto, enquanto a depressão maior é mais comum nas meninas, os meninos são mais propensos a cometerem suicídio ou a recorrerem ao abuso de substâncias do que elas, disseram os pesquisadores.

Para os cientistas, os homens são mais propensos a sofrer de depressão persistente, enquanto que a depressão das mulheres tende a ser mais episódica. Com as descobertas, os pesquisadores acreditam que seja possível encontrar formas de tratamento específicas para homens e mulheres, obtendo assim melhores resultados na recuperação desses pacientes.

Pesquisa, Depressão, Homem, Mulher, Saúde
Participe deixando seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.




Notícias Eventos Agenda Ensaios Whatsapp Vídeos Foto da Galera Fale Conosco
Marca Rodapé

 

Nas redes:   Facebook Instagram Youtube

Livre a reprodução do conteúdo com citação da fonte, com exceção para material de terceiros, como de agências, sites, blogs e colunistas, e casos que possa requerer autorização individual. Conteúdo de terceiros é de inteira responsabilidade de seus autores.
Yes Mania - Aqui o foco é você!
© 2018 Todos os diretos estão reservados.
Whatapps

Ao cadastrar seu número você aceita o termo de conduta.


 
 
 
 
Obrigado por se cadastrar em nosso sistema, a qualquer momento você poderá receber nosso Boletim Informativo em seu aplicativo "WhatsApp".