Ariquemes

Ariquemes, RO

Bom Dia hoje é: 15/12/2018

  Facebook   Instagram

Compatilhar no Facebook

Falta de sexo pode provocar morte súbita nas mulheres

facebook
  
  
Assessoria | 19/03/2018 08h07 | 1110 vizualizações

Muita atenção, senhoras. Um novo estudo veio concluir que a falta de sexo pode mesmo provocar a morte súbita no sexo feminino!

O estudo em questão foi realizado na Universidade de Tufts, em Massachusetts, e veio afirmar que as mulheres que só fazem sexo ocasionalmente são mais propensas a morrer subitamente. Fazer sexo de uma forma regular está na categoria dos exercícios cardiovasculares, que minimizam o risco de ter um ataque cardíaco fatal.

Mas “ocasional” é bastante vago, correto? Pois bem, os investigadores responsáveis pelo estudo concluíram que quando dizem “ocasionalmente”, se referem a uma frequência de sexo inferior a uma vez a cada mês e que, com tão pouca regularidade, as mulheres ficam muito mais propícias a terem um AVC e a falecerem de morte súbita.

Acontece que a atividade física episódica é responsável pelo aumento de 3,5 vezes de probabilidades de um enfarte no miocárdio e aumenta 5 vezes a probabilidade de morte súbita.

Sexo, Mulheres, Falta, Ataque Cardíaco
Participe deixando seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.




Notícias Eventos Agenda Ensaios Whatsapp Vídeos Foto da Galera Fale Conosco
Marca Rodapé

 

Nas redes:   Facebook Instagram Youtube

Livre a reprodução do conteúdo com citação da fonte, com exceção para material de terceiros, como de agências, sites, blogs e colunistas, e casos que possa requerer autorização individual. Conteúdo de terceiros é de inteira responsabilidade de seus autores.
Yes Mania - Aqui o foco é você!
© 2018 Todos os diretos estão reservados.
Whatapps

Ao cadastrar seu número você aceita o termo de conduta.


 
 
 
 
Obrigado por se cadastrar em nosso sistema, a qualquer momento você poderá receber nosso Boletim Informativo em seu aplicativo "WhatsApp".