Ariquemes

Ariquemes, RO

Boa Noite hoje é: 16/10/2018

  Facebook   Instagram

Compatilhar no Facebook

Como explorar as zonas erógenas para excitar seu amor

facebook
  
  
da Redação | 01/10/2018 14h29 | 198 vizualizações

Quem não quer prazer nesta vida, não é mesmo? Um grande porém é que muitos, além de não terem tanta consciência da busca pelos diversos tipos de prazer, especialmente o sexual, desconhecem as potencialidades do próprio corpo e de seus parceiros para chegar nele.

E o que isso tem a ver com zonas erógenas?
É que quando se trata do prazer sexual, precisamos lembrar que existem muito mais opções para o alcançarmos do que as genitálias ou ainda, esse seria o caminho ideal antes de chegar nelas. Diversas são as partes com terminações nervosas que, diante de estímulos, podem contribuir para a excitação, sendo um importante passo no caminho que leva ao prazer, ao clímax, ao êxtase. E é exatamente delas, das diversas zonas erógenas, que vamos falar melhor nas linhas a seguir. Vamos conferir!

Preliminares e partes erógenas, início da jornada para o prazer
O beijo mais demorado é sempre essencial para o início da relação, mas sabe os beijos na sua nuca e orelha que lhe arrepiam todo (a)? Pois é, esse frisson, essa sensação é porque essas são zonas erógenas. E essas mesmas partes, com o avanço do tempo nas relações, acabam sendo esquecidas na hora do sexo, e aí acaba-se focando nas genitálias, no "vuco-vuco", no feijão com arroz.

A grande dica para evitar esse sistema que pode não levar a grandes coisas no médio e no longo prazo, é fazer um resgate constante dos hábitos e gestos do início do relacionamento, ou seja, buscar, antes da penetração, um entrelaçamento maior de corpos e emoções, buscar sentir mais o outro, o carinho, o namorar.

Mais importante do que se perguntar por que os gestos de romantismo se esvaem é se perguntar por que não continuar, apesar do tempo, lembrando-os e praticando-os, em vez de desculpas.

Lembre-se do beijo, por exemplo. Tudo começou por ele… Essencial no namoro, ele tem grande importância também no ritual de sexo e prazer. É um ingrediente fundamental de ligação física, sensorial e emocional entre o casal.

E antes que cheguem aos focos tradicionais de prazer, o ideal, principalmente em relações mais maduras e duradouras, é que os amantes realizem essa exploração do corpo um do outro, dessas partes poderosas, beijando, mordiscando aqui e ali, namorando, massageando, apertando ou tocando sutilmente, dando aquele banho de língua, fazendo um oral delicioso… Todas essas coisas fazem aflorar os sentimentos, as sensações e a excitação do casal — afinal, dizem que a parte mais erógena é o cérebro, a mente, que pode ser estimulada com sussurros e palavras picantes, mas principalmente é onde estão os sentimentos e as emoções.

Aliás, a própria raiz da palavra "erógeno" (Eros + geno) traz o sentido de paixão, de amor, de desejo. Ou seja, algo que causa excitação com toques e estímulos, mas que se estiver envolvido o componente da paixão e do amor fica ainda melhor.

Então, reforçando antes de continuarmos: você e seu par façam sempre das preliminares o grande pontapé inicial da jornada pela busca do prazer. Certamente as sensações prazerosas e o êxtase virão mais fácil e intensamente.

Quais são as zonas erógenas mais comuns e como explorá-las
Como dar prazer a um homem? E a uma mulher? O que é mais poderoso para dar tesão, excitação? Certamente você tem as suas respostas, mas provavelmente guarde a curiosidade e a humildade para sempre aprender coisas novas. De antemão, é bom reforçar que, durante a relação sexual, o que leva o casal à excitação, principalmente a mulher, é a exploração das zonas erógenas. Então vamos ver algumas aqui e como você pode explorá-las para excitar seu amor. Confira e corra o risco de se surpreender!

Zonas erógenas da mulher
Diante do mar de possibilidades do corpo da mulher, não dá para se limitar a estimular os seios, vagina, boca e bumbum. Existem outros diversos pontos em que um leve toque e massagem é capaz de tirá-las do chão!

A começar pela pele macia dela… carícias, beijinhos, toques sutis, mordiscadas… são altamente sensuais e excitantes para ela.

Orelhas: Quem resiste a beijos nelas? Então beije, arrepie, sussurre, fale sacanagens ou elogios para potencializar ainda mais. Dê mordidinhas no lóbulo, roce os lábios ao redor do ouvido, dê lambidas sutis sobre o canal auditivo e veja o resultado.

Baixo ventre (inferior do abdômen): Não vá direto àquele ponto, deixe no suspense, acariciando, beijando, estimulando, esquentando a região entre o umbigo e o púbis. Você pode fazer movimentos sutis nessa região dela, o que pode ser um belo gerador de tesão para o momento a seguir. Movimentos circulares também são bem vindos.

Dobrinhas do bumbum: Com ela nua, deite-a de barriga para baixo e faça massagem nos glúteos. Aqueça com óleo e movimentos intensos. Alterne com movimentos em sentido único das coxas até o bumbum. Dê umas mordidinhas nas dobrinhas e perceba como ela se arrepia. Explore inclusive a região dos quadris, coxas e períneo.

Parte interna das coxas: De preferência com ela deitada, faça carícias na coxa. Passe a mão sutilmente e de maneira mais firme, alternando também em sentido único em direção à virilha por várias vezes, as sensações irão excitá-la. Beijos nessa região também são ótimas pedidas.

Pés: Você não precisa ser podólatra para estimular os pés dela e perceber como ela fica excitada. Valem carícias, massagens, sopros entre os dedos, nos tornozelos, roçá-los contra seu rosto ou corpo. Você sabia que nos pés há uma parte que quando tocada ativa os órgãos sexuais? Especificamente, é o ponto bem no meio da sola. Experimente! Deixe-a ainda mais “empolgada”.

Lateral do tronco: passar a mão de baixo para cima, também é uma boa pedida para complementar as investidas acima.

Zonas erógenas do homem
Sabemos que o corpo da mulher tem pontos muito específicos de prazer. Mas o corpo masculino também tem diversos pontos que as mulheres podem conhecer melhor e explorá-los ainda mais para dar prazer. Apesar de muitas vezes não transparecer, os homens também gostam que seus pontos erógenos sejam explorados.

Orelhas: Muitos homens também gostam de ser tocados nas orelhas. Então não as deixe passar. Fale palavras sensuais enquanto lambe ou mordisca. Com suavidade, use os dedos, os lábios ou dentes.

Parte interna das coxas: Assim como as mulheres, os homens se sentem excitados com toques nessa região. Alterne entre movimentos sutis e firmes/rápidos, de cima para baixo, e veja-o animadão.

Nuca e pescoço: Bocas e mãos podem atiçar seu parceiro nessa região.

Sacro: Sabe o triângulo no fim da coluna, rente ao bumbum? Esse é o sacro. Carícias e toques leves com as unhas e dedos ali podem surpreendê-lo positivamente.

Pênis: O rei das partes erógenas do homem. Você pode estimular de formas diferentes: o eixo ou freio, parte de baixo do pênis, fazendo movimentos leves e firmes com a palma da mão, de vaivém. Veja bem, os testículos em si são bem sensíveis a dor, então estimule suavemente com as mãos e com a boca a pele que os envolve.

Períneo: Entre o escroto e a abertura anal, é uma área oposta à próstata. Isso significa que quando massageamos suavemente, podemos estimular indiretamente o ponto G masculino. Mas cuidado, verifique se ele permite avançar por aí…

Ponto G (ou P) masculino: Alguns dizem se tratar de uma glândula, interna, localizada atrás dos testículos; outros dizem que é a própria próstata. Vários homens não têm problema nenhum e até pedem para serem estimulados nesse ponto. Sonde, inicie e acompanhe as reações dele, se pode avançar ou não.

Use a criatividade e a inovação, acima de tudo

Sabemos que são duas palavras batidas, mas quando queremos realmente realizar alguém e ser realizados sexualmente é essencial usarmos de criatividade e inovação, seja para imaginar e realizar fantasias diferentes, seja no ato de transar em si. E é claro que as zonas erógenas, inclusive a partir das informações e dicas que trouxemos aqui, podem ser ainda mais exploradas por você, de diferentes formas, do seu jeito. É claro também que cada pessoa tem suas "partes fracas", então esteja sempre apto (a) para desbravar novas zonas erógenas do seu parceiro ou parceira. Muito prazer!

Como explorar as zonas erógenas para excitar seu amor
Amor, Sexo, Dicas, Love, Prazer, Homem, Mulher
Participe deixando seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.




Notícias Eventos Agenda Ensaios Whatsapp Vídeos Foto da Galera Fale Conosco
Marca Rodapé

 

Nas redes:   Facebook Instagram Youtube

Livre a reprodução do conteúdo com citação da fonte, com exceção para material de terceiros, como de agências, sites, blogs e colunistas, e casos que possa requerer autorização individual. Conteúdo de terceiros é de inteira responsabilidade de seus autores.
Yes Mania - Aqui o foco é você!
© 2018 Todos os diretos estão reservados.
Whatapps

Ao cadastrar seu número você aceita o termo de conduta.


 
 
 
 
Obrigado por se cadastrar em nosso sistema, a qualquer momento você poderá receber nosso Boletim Informativo em seu aplicativo "WhatsApp".