Ariquemes

Ariquemes, RO

Boa Noite hoje é: 12/12/2018

  Facebook   Instagram

Compatilhar no Facebook

Presídios femininos em Rondônia ganham espaço humanizado para mães e filhos

facebook
  
  
Secom | 03/12/2018 12h51 | 159 vizualizações

Estabelecimentos prisionais femininos em Rondônia estão ganhando sala reservada para as crianças, com brinquedos diversos, itens pedagógicos e equipamentos eletrônicos audiovisuais, teatro de fantoches, proporcionando um espaço recreativo, educativo e de encontro entre mães e filhos, visando reduzir as tensões do ambiente prisional.

Nesta última semana de novembro foram inauguradas duas brinquedotecas, em Porto Velho, no Centro de Ressocialização Suely Maria Mendonça, e na Casa de Detenção Feminina de Guajará-Mirim. A terceira está prevista para ser inaugurada ainda no início de dezembro, em Ji-Paraná, no anexo feminino do Presídio Agenor Martins de Carvalho.

Os espaços foram aparelhados por meio de acordo de cooperação com o Departamento Penitenciário Nacional, em consonância com a Política Nacional de Atenção às Mulheres em Situação de Privação de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional. Coube ao Governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), providenciar e organizara os locais adequados no interior das unidades prisionais, para instalação dos itens infantis e dos aparelhos eletrônicos e de climatização.

Aleitamento

O acordo de cooperação ainda contempla uma sala de aleitamento, que já foi instalada no Centro de Ressocialização Suely Maria Mendonça, em Porto Velho. A unidade possui cerca de 140 reeducandas; mais de 120 são mães.

A sala é mobilhada com poltrona acolchoada, cômoda para trocar fraudas, carrinho de bebê, purificador de água, projetor de vídeo, televisor, telão, aparelho eletrônico e CDs e DVDs educativos com abordagens sobre a gravidez, lactância, cuidados com o bebê, entre outras temáticas.

O ambiente é agradável, decorado e climatizado, e localizada próximo às celas das mulheres com filhos lactentes. “É um espaço humanizado, bem apropriado para as mães que vivem essa fase especial do aleitamento materno”, destacou Maisa Soares, chefe do Núcleo de Atenção às Mulheres em Privação de Liberdade (Nuamsp), que integra a Gerência de Reinserção da Secretaria de Justiça.

Participe deixando seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.




Notícias Eventos Agenda Ensaios Whatsapp Vídeos Foto da Galera Fale Conosco
Marca Rodapé

 

Nas redes:   Facebook Instagram Youtube

Livre a reprodução do conteúdo com citação da fonte, com exceção para material de terceiros, como de agências, sites, blogs e colunistas, e casos que possa requerer autorização individual. Conteúdo de terceiros é de inteira responsabilidade de seus autores.
Yes Mania - Aqui o foco é você!
© 2018 Todos os diretos estão reservados.
Whatapps

Ao cadastrar seu número você aceita o termo de conduta.


 
 
 
 
Obrigado por se cadastrar em nosso sistema, a qualquer momento você poderá receber nosso Boletim Informativo em seu aplicativo "WhatsApp".